Fale pelo WhatsApp:

Estudo liga mutação em gene a consumo de álcool em excesso

Compartilhe
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Camundongos com alteração genética preferiram álcool no lugar de água. Bichos consumiram álcool até ter dificuldades em coordenar movimentos.

images
Pesquisadores do Reino Unido identificaram em camundongos um gene que regula o consumo de álcool e que pode causar o excesso de consumo dessa substância quando sofre determinada mutação.

O estudo analisou o comportamento de dois grupos de camundongos: os considerados normais e os com mutação genética no gene chamado Gabrb1. Diante da escolha entre água e bebida que continha 10% de álcool, os camundongos do primeiro grupo não mostraram interesse por álcool – eles beberam pouco ou nada deste líquido -, enquanto o segundo grupo preferiu consumir álcool ao equivalente a quase 85% de seu consumo diário de líquido.

Os pesquisadores mostraram que camundongos com mutações no Gabrb1 também se mostraram dispostos a trabalhar para obter a bebida contendo álcool, empurrando uma alavanca para alcançá-lo inclusive por longo período de tempo, diferentemente dos camundongos normais.

Na experiência, os roedores ainda consumiram álcool voluntariamente por uma hora para ficar intoxicados até que tiveram dificuldade em coordenar seus movimentos.

Veja a matéria completa

Fonte: G1

Deixe seu comentário

Ana Café pela vida

Tamo Junto!